Bem-vindo à BOL. O nosso site usa cookies e outras tecnologias para personalizar a sua experiência e compreender como você e os outros visitantes usam o nosso site.
Para ver uma lista completa das empresas que usam estes cookies e outras tecnologias e nos informar se podem ou não ser utilizadas no seu dispositivo, aceda à nossa página de política de cookies.

Concordo
Distrito Sala
Detalhe Evento
Jerusalem in my heart + Lucrecia Dalt

Jerusalem in my heart + Lucrecia Dalt

Música & Festivais | Concerto

GNRATION

Black Box
Classificação Etária
Maiores de 6 anos
Bilhete Pago
Todas as Idades
2020
mar
14

Sessão

14 mar 2020 22:00
Dias
Hrs
Min
Seg

Abertura Portas

21:00

Intervalo

Sem Intervalo.

Promotor

Fundação Bracara Augusta

Sinopse

Radwan Ghazi Moumneh é, simultaneamente, uma das figuras de proa do movimento musical contemporâneo de Montreal e do Médio-Oriente. Músico, produtor e engenheiro de som de origem libanesa, formou bandas punk na adolescência no Canadá e fundou um estúdio de gravação com membros dos Godspeed You! Black Emperor e Thee Silver Mt. Zion. Em 2005, apresenta-se ao vivo como Jerusalem In My Heart. Anos mais tarde, reformula o projeto ao adicionar uma componente visual, com projeções de filme de 16mm do realizador Charles-Andre Coderre. A partir do canto tradicional árabe, adiciona sons de buzuk, sintetizadores modulares, field recordings, entre outros. Depois da estreia com Mo7it Al-Mo7it (Constellation, 2013), seguiu-se um disco colaborativo com os canadianos Suuns em 2015. No mesmo ano, edita If He Dies, If If If If If If (Constellation), disco severamente aclamado pela crítica. No novo disco, Daqa'iq Tudaiq (Constellation, 2018), atira-se, numa das duas partes, a um clássico egípcio de Mohammad Adbel Wahab conduzido por uma orquestra de quinze elementos liderada pelo mestre Sam Shalabi (Land of Kush). Na segunda parte, volta a apresentar aquilo que melhor sabe fazer: reconstruir a música árabe a partir do anglo da música de vanguarda.

Seis anos após ter passado pelo gnration, em noite partilhada com os Pere Ubu de David Thomas, a produtora colombiana Lucrecia Dalt regressa a Braga para apresentar Anticlines, sexto e novo disco lançado em 2018 e a sua estreia pela editora nova-iorquina RVNG Intl. Autora de uma estética singular, explora a música ambient tornando-a em algo muito próprio. Engenheira geotécnica de formação, inspirou-se na antiga atividade profissional como metáfora, contexto e ambiente para a música que cria. A viver em Berlim, regressa às raízes da sua cultura e apoia-se nos ritmos tradicionais da América do Sul para dar corpo à composição eletrónica contemporânea que apresenta no novo trabalho. Não obstante, pauta-se por um fraseado vocal incomum e técnicas eletrónicas inovadoras. Ao longo dos anos, colaborou com Julia Holter, Rashad Becker, F.S. Blumm ou Gudrun Gut, entre muitos outros nomes conhecidos, mas é agora, com o novo disco, que Lucrecia Dalt tem a atenção que lhe é merecida.

Preços

7€

-
Partilhar
Passe Música Trimestre JAN-MAR